Eduardo Rocha: " Muito barulho por nada "

Comversei com o ex-presidente do América, Eduardo Rocha, sobre o repasse da anuidade dos Conselheiros para o CD e que provocou reação de Alex Padang e de dirigentes, conselheiros e torcedores.


 " Na verdade o repasse permanece inalterado. Ou seja os mesmos dois mil reais que eram repassados continuaram a ser, apenas o Conselho Deliberativo depois de 9 anos reajustou a anuidade do Conselho de R$ 2 mil para  R$ 2 mil e quinhentos reais. Esses 500 reais que foram aprovados pela unanimidade dos conselheiros assíduos e em dia com o Conselho aprovou que fosse repassado para o  órgão máximo do clube".


 Eduardo Rocha afirmou ainda 

" O Conselho não retirou um centavo do valor que lhe pertence e espontaneamente repassado a todos os presidentes nas suas gestões. Os conselheiros entendem que o órgão tem que ter um mínimo de recurso para  ter uma secretaria,  ter um mínimo de recurso para fazer até suas publicações de rotina, pagar um serviço de som nos dias de reunião etc... No quadro atual onde só 80 conselheiros estão adimplentes os mesmo 160 mil que sempre foram repassados para a direção executiva será feito,  os outros 500 reais que dá 40 mil reais por ano e dá uma média de menos de 3,5 mil e quinhentos reais por mês servirão para  que o CD tenha um mínimo de condições o que servirá para  os próprios conselheiros. Ou seja muito barulho por nada".

Apelo 

" Agora faço um apelo para aqueles que estão inadimplentes a dois anos ou seja na época da minha gestão que coloquem em dia. Para contribuir com a atual gestão.Em síntese,  não se diminuiu um centavo do que sempre foi repassado. Outro apelo  é  para  que os conselheiros compareçam as reuniões marcadas para discutirmos o futuro do clube com a contribuição de ideias e trabalho em prol de um América cada dia mais forte dando alegrias ao seu apaixonado torcedor".

O ex-presidente afirmou ainda


" Mesmo divergindo em algumas opiniões entendo que todos querem o bem do clube acima até de algumas vaidades. Estou dizendo que nossos adversários são outros bem como os desafios desafios também ".

Por fim, Eduardo Rocha disse 

" Não  está se tirando um centavo da diretoria executiva,  portanto  não  existe boicote".

Comentários

  1. Traduzindo, 80 mil reais ou mais que seria investido no futebol até próximo ano, agora será utilizado em café, caneta, bolo e folha.

    Se isso não for boicote, é o que?

    Pode chorar Eduardo, pra você "só lembranças"

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Eleição na Federação de Futsal: STJD nomeia interventor

América: Panela de pressão estourou

Arbitragem feminina ganha espaço e entra para a história do futebol potiguar