No Nazarenão, auditor do TJD é barrado e carro do árbitro depredado

O confronto Palmeira 0 x 1 ABC, domingo (12) no estádio Nazarenão teve alguns aspectos extra-campo que merecem registro e atenção das autoridades responsáveis e dos administradores do estádio de Goianinha.

Primeiro foi  a tentativa de barrar o acesso do auditor do TJD, Carlos Barroso ao estádio. Alegação do funcionário que estava na bilheteria foi surreal. Alegou que como o Palmeira havia sido multado pelo Tribunal de Justiça Desportiva e pagou a multa, o auditor teria também que pagar ingresso.

Acionado por telefone, o presidente do TJD, Adriano Rufino entrou em contato com o Delegado da FNF que estava no Nazarenão e o problema foi solucionado.

Adriano Rufino disse ao blog que vai enviar oficio a todos os clubes e administradores de estádios que sediam jogos oficiais: " O ofício vai servir  para que casos assim não se repitam. O clube mandante que impedir acesso ao TJD pode sofrer denúncia e ser advertido, multado ou mesmo ter o estádio interditado, a depender do entendimento do Procurador Geral e julgamento dos auditores".

Carro depredado

Mais grave foi o que aconteceu com o automóvel ( foto )  do árbitro Leandro Barchz que apitou Palmeira x ABC.

O veículo ficou estacionado na área destinada às comissões técnicas e arbitragem e teve o para-brisa quebrado. O caso foi registrado na Polícia Civil e será alvo também de relatório na súmula da partida, indo parar no TJD.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Eleição na Federação de Futsal: STJD nomeia interventor

América: Panela de pressão estourou

Arbitragem feminina ganha espaço e entra para a história do futebol potiguar