VP do América, Ricardo Valério e as negociações para clássico na Arena das Dunas

Do VP do América,  Ricardo Valério,  a posição do America acerca da divisão de público no clássico da próxima quarta-feira. Valério participou de todas asreuniões realizadas para definir o clássico. 

A bem da verdade e transparência dos fatos, ratifico as manifestações dos nossos companheiros de Diretoria, que o episódio ocorrido na FNF, na sexta feira (18), com todo respeito aos amigos dirigentes do ABC, mas a forma retrógrada do pensamento da diretoria do coirmão, vai continuar atrasando a retomada dos grandes públicos e recuperação do Futebol potiguar.


Desde o ano passado, vem sendo amadurecida e assumidos compromissos mútuos, com aprovação e testemunha inclusive da FNF, da ideia de todos os clássicos entre as duas equipes, serem realizados na Arena das Dunas, estádio de Copa do Mundo, para 32 mil pagantes, com estrutura e logística de muita maior segurança, notadamente para todos torcedores e familiares presentes, tanto é que o regulamento desde ano prever que todas as finais serão realizadas na Arena das Dunas. 



Porém, para nossa surpresa, os Dirigentes do ABC, que nem mesmo permaneceram na sede da FNF, e se esquivaram das negociações presenciais, pois, se ausentaram do auditório da Federação, deixando lá o Presidente e Vice-Presidente do América, Leonardo Bezerra e Ricardo Valério, além do diretor jurídico Diogo Pignatario e Gerente de Marketing Antonio Neto, somente com dois dedicados Executivos do ABC, Wilton Miranda e Arnobio, mas que não podiam mudar as decisões da direção do Clube, embora sabiamente o executivo Arnobio se revelava favorável, mas sem autonomia para acatar o Bom senso. 



 Assim, pela ausência da Diretoria do ABC, ficamos limitados ao debate democrático e permanecemos dialogando, eu e Leonardo, com os dirigentes do ABC, só pelo celular, lamentavelmente. 



Temos convicção que agora que o América também possui praça de Esporte, que temos que pensar de forma sensata e equilibrada. 
Não nos parece razoável, querermos impor, falta de bom senso e insistir com o equívoco de fazer os dois clubes, os seus jogos em suas próprias praças de Esporte, ou será que o ABC vai insistir em continuar no risco, de termos infelizmente corpos estendidos no chão? 



É muito óbvio, que a Arena das Dunas reúne muito melhores condições de segurança e de enorme rentabilidade financeira, para os dois clubes faturarem uma renda muito maior, ou será que o clássico não se resume a nossa maior fonte de renda de todas as nossas partidas do Estadual ?



E o mais importante de tudo: sem pôr em risco a integridade física de nossos torcedores. Insistindo de forma irracional, em levar o clássico para o Frasqueirão, quando assim, o América se não pensasse grande, levaria também irracionalmente o clássico para a Arena América. 
Mas gracas a Deus somos prudentes e pensamos grande e não desejamos por em risco a integridade dos torcedores, assim optamos pela o mais racional,  a Arena das Dunas.



Mas, infelizmente o ABC, frustrou os compromissos assumidos desde o ano passado, realizado dentro da Federação na presença do presidente José Vanildo, e mais uma vez insiste em levar seus jogos para os riscos do Frasqueirão. 
Que me perdoem o amigo presidente Suassuna, a quem tenho enorme consideração. Mas entendemos como uma temeridade, e também de uma irracionalidade financeiramente enorme, além de demonstrar muita pouca prudência, levarmos nossos jogos, cada um para seu Estádio, embora respeitamos suas dificuldades, mas nada justifica em nome de zelo pela integridade física dos nossos torcedores.



Permita-nos ainda esclarecer, uma nova frustração da nossa parte. Como a proposta da divisão da torcida meio a meio, o ABC fugiu da mesma, passamos buscar uma outra alternativa e chegamos a propor ainda a realização das partidas com torcida única, embora deixamos claro, não ser essa a nossa preferência, e sim torcida meio a meio. Mas diante da negativa do ABC, entendemos que pelo ao menos, iria atrair muito mais torcedores do que os 10% cedidos regimentalmente para o time visitante. Está mais que comprovado, que muitas famílias não vão aos jogos com medo dos confrontos entre as duas torcidas. Assim, com Torcida única, deixaria de existir este temor das famílias e ainda evitaria qualquer possibilidade de conflitos. E ressaltamos que torcida única, inclusive foi aceita pelo Ministério Público e pela Polícia Militar, desde que de comum acordo, entre os dois clubes. 



Mas infelizmente, mais uma vez faltou determinação e uma explicação aceitável do ABC, em enfrentar os dois jogos com torcidas meio a meio ou com Torcida única, numa demonstração clara que o ABC prefere inexplicavelmente continuar a tradição dos equívocos e posições radicais atrasadas e que não levam a nada, e faltando com o Bom Senso, que nos perdoe a franqueza. 



Lamentavelmente, nosso coirmão, ABC, com quem estamos construindo uma relação cordial fora de campo, não quer avançar diante dos argumentos irrefutáveis de que temos que mudar e avançarmos para recuperar e modernizar conceitos no futebol do RN. A hora é de quebrar de paradigmas, pensamento atrasados e construirmos juntos atitudes mais racionais e equilibradas.  As mesmices  de pensamentos,  só dentro da caixa, vai nos deixar fora da elite do futebol nacional, o que nenhum de nós desejamos para o Esporte Potiguar.

Comentários

  1. É por isso que o futebol do RN tá se tornando um dos piores do Brasil. Muito amadorismo envolvido.

    ResponderExcluir
  2. O dirigente diz que está tentando construir um relação cordial com o ABC, já a atitude na surdina do caso do jogador Rato mostra justamente o contrário 🤷.
    Acreditar em que: no discurso bonito ou na atitude antiética?

    ResponderExcluir
  3. sem acordo com as paquitas é isso ou nada

    ResponderExcluir
  4. Esses dirigentes do América só pode viver no mundo da lua, temos casa e jogamos na nossa casa, agora se acha que aquele galinheiro lá em japeganga é estádio pode dar o laudo de doido mesmo

    ResponderExcluir
  5. As galinhas pretas estão com medo do Mecão. sabem que nossa torcida vai dar um banho nelas. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  6. Sem acordo com essa diretoria de PILANTRAS ....Se fazem de bonzinhos e por trás sacaneam roubando jogadores.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Eleição na Federação de Futsal: STJD nomeia interventor

América: Panela de pressão estourou

Arbitragem feminina ganha espaço e entra para a história do futebol potiguar