Esgotada a Justiça Desportiva, eleição da Federação de Futsal pode parar na Justiça Comum

Pleno do STJD determinou o retorno de Fausto Cunha para a presidência da Federação Norte-riograndense de Futsal.

O dirigente havia sido afastado depois de denúncias de irregularidade no processo da ultima eleição para a presidência da entidade. 


O STJD do Futsal declinou competência para julgar, e não entrou no mérito.

Os filiados que impetraram o mandado de garantia podem agora  buscar a Justiça Comum, uma vez que foram esgotados os trâmites da Justiça Desportiva. Se tivessem ido diretamente à Justiça Comum seriam punidos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Eleição na Federação de Futsal: STJD nomeia interventor

América: Panela de pressão estourou

Arbitragem feminina ganha espaço e entra para a história do futebol potiguar